Geral

Governo anuncia investimento de R$ 171,9 Bilhões em MG no Novo PAC; BR-381, BR-040 e setor elétrico são prioridades

O governo federal divulgou um novo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) que prevê um investimento significativo de aproximadamente R$ 171,9 bilhões em obras e serviços no estado de Minas Gerais. O plano abrange diversos setores e projetos, com destaque para a área rodoviária e geração de energia elétrica.

O setor rodoviário é uma das prioridades do PAC em Minas Gerais, com mais de 20 trechos previstos para receberem melhorias, totalizando um investimento estimado de mais de R$ 61 bilhões. O governo planeja realizar cerca de 16 mil km de obras em estradas no estado. Entre os projetos de destaque estão a concessão e duplicação da BR 381 entre Governador Valadares e Belo Horizonte, concessões das BR 153, 262 e 040, a construção da BR 367 entre Salto da Divisa e Almenara, a construção da BR 135 entre Manga e Itacarambi, além da construção de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida. Além disso, está previsto investimento para a manutenção de 5 mil km de rodovias por meio de recursos disponibilizados ao DNIT-MG.

O setor de geração e transmissão de energia elétrica também será alvo de atenção especial no novo PAC. Está previsto um investimento de R$ 49,9 bilhões em Minas Gerais para 11 lotes de empreendimentos na área, incluindo a construção de 45 usinas de geração de energia, especialmente fotovoltaicas.

O governador Romeu Zema, do partido Novo, saudou o atendimento às demandas históricas do estado, embora não tenha participado da cerimônia oficial de anúncio do novo PAC. Ele enfatizou a importância dos investimentos para a conclusão das duplicações das BR-381 e BR-262, que há tempos são aguardadas pela população.

O Ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, que atuou como um dos articuladores dos recursos para o estado, expressou sua satisfação com os investimentos direcionados a Minas Gerais. Ele destacou que o estado receberá R$ 61 bilhões apenas para a melhoria das rodovias nos próximos três anos, indicando uma atenção renovada por parte do governo federal.

O novo PAC representa um esforço significativo para impulsionar o desenvolvimento e a infraestrutura de Minas Gerais, abordando questões cruciais como estradas e geração de energia, que são essenciais para o crescimento econômico e qualidade de vida dos cidadãos.

As intervenções rodoviárias do PAC em Minas Gerais incluem a liberação de recursos ao DNIT para 5 mil quilômetros de estradas no estado e a concessão da BR-040; melhorias na BR 116/465/493, nos trechos entre Rio e Minas; melhorias na BR 040/495, trechos entre RJ e MG; BR-050, trecho entre MG e GO; duplicação da BR-381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares, dentre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×