GeralItabirito

Chuva forte transborda Córrego da Carioca e alaga ruas em Itabirito

As fortes chuvas que atingiram Itabirito neste sábado, 06 de janeiro de 2024, resultaram em problemas para a cidade, já castigada por enchentes em anos anteriores. O município, que vive um momento de alerta especial no mês de janeiro, novamente sofreu com transbordamento de bueiros, alagamento de ruas e enxurradas em diversos pontos.

A Rua da Carioca, localizada no bairro Santa Rita, foi uma das áreas afetadas, com o Córrego da Carioca saindo de sua calha e transbordando. Outro ponto crítico foi próximo ao viaduto do Munu, onde também houve registros de enxurradas. A chuva afetou não só ruas do Centro de Itabirito, mas também outras localidades, com água jorrando pelas saídas dos bueiros.

Em 2022, a cidade testemunhou a pior enchente de sua história, que deixou um rastro de destruição, causando prejuízos significativos a comerciantes e moradores. O problema persiste, e a chuva intensa deste sábado reacendeu as preocupações da população.

De acordo com a Defesa Civil de Itabirito, foram registrados 45 mm de chuva em apenas 15 minutos, o que levou ao transbordamento do Córrego da Carioca. Apesar disso, a situação está sendo normalizada, com a água escoando e o córrego voltando para sua calha. Felizmente, o Rio Itabirito não atingiu níveis críticos e não houve chamada de emergência.

Foto: Guarda Civil Municipal de Itabirito.

A Guarda Civil Municipal de Itabirito atuou em diversos pontos, fazendo a sinalização de trânsito, em virtude dos alagamentos em algumas áreas da cidade.

A equipe de limpeza da cidade trabalha durante todo o ano, percorrendo as ruas para recolher lixo que pode agravar as enchentes. No entanto, é destacado que a obstrução das bocas de lobo por resíduos é um desafio persistente, contribuindo para a ocorrência desses eventos climáticos extremos.

A população é alertada para a importância de manter as vias públicas livres de detritos, visando minimizar os riscos de enchentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×