Geral

Motorista socorrido por helicóptero da PRF que fez pouso forçado morre em BH

Uender Silva de Alencar, de 30 anos, o motorista de uma das carretas envolvidas no grave acidente que ocorreu no Anel Rodoviário de Belo Horizonte em 8 de janeiro deste ano, faleceu na noite desta quarta-feira (21). Alencar estava internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII desde o dia do acidente, lutando contra as consequências das lesões sofridas.

O acidente, que envolveu três caminhões e duas carretas, ocorreu na altura do bairro das Indústrias, resultando em interdição da via por aproximadamente quatro horas. Alencar ficou preso às ferragens e inicialmente seria transportado por um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF), mas uma falha na aeronave levou a um pouso de emergência. Ele foi então encaminhado por uma ambulância da Via 040 para receber tratamento médico.

Após o acidente, Alencar passou por várias cirurgias e períodos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas acabou não resistindo às complicações de seus ferimentos. Ele deixa para trás sua esposa e um filho, além de amigos e familiares consternados com a perda.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) foi acionado para investigar o incidente com o helicóptero da PRF, que fez um pouso forçado durante o resgate de Alencar. A aeronave foi removida para investigação, mas ainda não foram divulgados detalhes sobre as causas da falha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×