GeralItabiritoMarianaOuro Preto

PM prende nove indivíduos com mandados de prisão em aberto em Itabirito, Ouro Preto e Mariana

Durante uma série de operações realizadas entre os dias 15 e 20 de março de 2024, a Polícia Militar efetuou a prisão de nove homens que estavam com mandados de prisão em aberto na área de atuação do 52º Batalhão. As operações contaram com a cooperação da Polícia Civil e resultaram na captura dos suspeitos em diferentes bairros das cidades de Itabirito e Mariana, em Minas Gerais.

No dia 15 de março, uma ação conjunta das forças policiais resultou na prisão de um homem de 27 anos, no bairro Morada Viva, em Itabirito. Durante o cumprimento do mandado de prisão preventiva e busca e apreensão, foram encontradas substâncias ilícitas, aparelhos celulares, dinheiro e aves da fauna silvestre em sua residência.

No mesmo dia, no bairro Cabanas, em Mariana, uma guarnição da PM deteve um indivíduo de 46 anos, após receber informações sobre sua alta periculosidade e a existência de um mandado de prisão contra ele.

As ações continuaram nos dias seguintes, com policiais militares prendendo indivíduos em diferentes localidades, como no bairro Morro São João, em Ouro Preto, e no bairro Coahb, em Itabirito, onde um homem de 29 anos foi abordado durante uma operação.

No sábado, 16 de março, uma equipe policial prendeu um homem de 36 anos no bairro Cartuxa, em Mariana, e na segunda-feira, 18 de março, outro homem, de 43 anos, foi detido no bairro Santa Efigênia, em Itabirito, devido a débitos alimentícios.

As prisões continuaram na terça-feira, 19 de março, com policiais prendendo indivíduos em bairros como Vila do Carmo, em Itabirito, e Novo Horizonte, em Mariana.

A série de operações culminou na quarta-feira, 20 de março, com a prisão de um homem de 35 anos próximo ao Fórum de Mariana, no bairro São Cristóvão.

Todos os indivíduos detidos foram encaminhados para as delegacias locais para as devidas providências legais. As ações demonstram o compromisso das forças policiais em combater a criminalidade e garantir a segurança da população na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×