GeralItabirito

“Está faltando zelo, está faltando capricho”, afirma o vereador Arnaldo Santos

Na reunião da Câmara da última segunda-feira, 10 de fevereiro, o vereador Arnaldo Pereira trouxe a tribuna situações que tem sido vivenciadas pela população de Itabirito.

O vereador cumprimentou a Prefeitura pela reinauguração do Poliesportivo Pedro Cardoso, que teve obra iniciada no governo do ex-prefeito Alex Salvador. Ele ressaltou ainda que agora o governo precisa também dar uma atenção para o Poliesportivo da Carioca, onde hoje está sendo ocupado pela escola CEMI.

No primeiro momento, Arnaldo citou novamente sobre a capineira que está situada na entrada do bairro São José. Na reunião do dia 03 de fevereiro, ele trouxe essa questão do bairro. Segundo o vereador, “imaginando que o muro tem 2 metros, a capineira está com mais de 1,80 m de altura, tampando um poste e a lixeira”.

O que se tornou mais curioso na visão de Arnaldo, é que a uns 6 metros da capineira, tinha um boeiro entupido cheio de milho. Foram lá, tiraram o milho, limparam o boeiro e deixaram a capineira de lado. Na visão dele, “isso não é incompetência, isso é falta de zelo”.

Assim como o São José, vários bairros e ruas da cidade tem trazido transtorno aos moradores pela falta de capina. Arnaldo citou também a situação das ruas do bairro Portões, onde o mato está de um lado e do outro da rua, permitindo apenas a passagem de um carro. Outro local que já está ficando intransitável, é a entrada do Saboeiro, onde o mato também já está tomando conta.

Arnaldo também levantou a questão da saúde no município. Falou sobre a decisão da prefeitura em acabar com a atenção primária, onde agora apenas uma pessoa é responsável pela marcação de consultas. “Quando entregamos a saúde, foi entregue uma saúde muito organizada, com as dificuldades que tem até hoje, com as dificuldades que as vezes é difícil suprir, mais foi entregue uma saúde muito boa e organizada”.

Contínua depois da publicidade

Outro ponto que Arnaldo trouxe a tribuna, foi em relação as informações repassadas pela vereadora Rose, líder do governo. Ao fazer uso da palavra, ela trouxe informações referente a licitação de tendas. Segundo Arnaldo, no governo passado, foi feita uma licitação de tendas no valor de R$ 1,5 milhão, para 2 anos, o que consequentemente se resultaria em aproximadamente R$ 48 mil por mês. Já o atual governo, fez uma licitação para o mesmo fim, no valor de R$ 900 mil, para um período de 11 meses, o que resulta em aproximadamente R$ 82 mil por mês. Além disso, o atual governo fez um aditivo na licitação da administração passada no valor de R$ 91 mil, para as tendas usadas no fim do ano 2019.

Sobre os buracos espalhados por toda cidade, Arnaldo afirma que está ficando cada vez pior e que já está ficando um assunto chato. Na visão dele, é preciso uma dinâmica maior para a solução desses problemas. “Não é crítica, é indignação com o que está acontecendo. Tá faltando zelo, está faltando capricho e isso tem que ter boa vontade pra fazer”.

Ele encerrou sua fala ressaltando a preocupação relacionado ao carnaval, no que diz respeito ao Corpo de Bombeiros do município. Arnaldo disse que eles estão apenas com uma ambulância para atendimento. Segundo ele, foi comprado um motor para uma ambulância, e o mesmo foi roubado no pátio da prefeitura, desapareceu e ninguém sabe aonde está.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×