BRASILGeralItabirito

WhatsApp vai ter opção de grupos com mais de 2500 membros após as eleições de 2022

Uma novidade para quem gosta de usar o WhatsApp foi divulgada nesta quinta-feira (14). A rede multiplataforma de mensagens instantâneas e chamadas de voz anunciou um recurso nomeado como Comunidades.

O objetivo do novo recurso é expandir a organização de grupos, tornando possível que cada comunidade reúna até 10 grupos de 256 pessoas cada e totalize 2560 membros por comunidade. Os subgrupos terão outras ferramentas disponíveis para os administradores.

O recurso estará disponível para alguns usuários nos próximos meses, em fase de teste. Porém, a ideia é lançar o novo mecanismo no Brasil somente após as eleições de 2022. Isso porque o WhatsApp garantiu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que vai aguardar a realização do eventual segundo turno, previsto para 30 de outubro.

Além das funcionalidades atuais, os administradores das comunidades poderão emitir avisos aos membros, assim como controlar quais grupos podem fazer parte de cada comunidade.

O novo recurso se assemelha aos já conhecidos canais disponíveis no Telegram, um serviço de mensagens instantâneas baseado na nuvem que é concorrente ao WhatsApp. Porém, no Telegram, é possível ter um canal com número ilimitado de seguidores. O canal brasileiro mais seguido no Telegram, por exemplo, é o do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PL), que conta com mais de 1,3 milhão de seguidores. Outros canais também possuem altos números de inscritos, como o Dicas do Telegram, com mais de 600 mil pessoas, e o Canal Espiadinha, um canal sobre reality shows, que conta com 330 mil inscritos.

Como o WhatsApp também estuda aumentar para 512 o número de membros de um grupo, é possível que, futuramente, uma comunidade do aplicativo tenha mais de 5 mil pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×