GeralItabiritoOuro Preto

Todos contra a Dengue: Grupo Avante compartilha dicas essenciais para combater o Aedes aegypti

Com a propagação da dengue no estado, é imperativo adotar medidas eficazes contra o mosquito Aedes aegypti. O Grupo Avante, consciente da importância da prevenção, compartilha valiosas dicas para combater essa ameaça à saúde pública:

  1. Use repelente: Proteja-se contra picadas de mosquitos aplicando repelente regularmente.
  2. Mantenha os quintais limpos: Elimine qualquer acúmulo de água parada, onde os mosquitos depositam seus ovos.
  3. Instale telas em portas e janelas: Impedir a entrada de mosquitos em sua casa é uma medida preventiva eficaz.
  4. Tampe e trate piscinas: Mantenha as piscinas cobertas quando não estiverem em uso e utilize produtos adequados para evitar a reprodução do mosquito.
  5. Vire recipientes: Evite que objetos acumulem água, virando-os ou guardando-os em locais cobertos.
  6. Encha pratos de planta com areia: Evite o acúmulo de água nos pratinhos de plantas, preenchendo-os com areia.
  7. Evite água parada: Verifique regularmente áreas propensas ao acúmulo de água, como calhas e vasos.

É essencial conhecer as características distintivas do Aedes aegypti para identificá-lo corretamente:

  • Mosquito Comum:
    • Tamanho: De 3 a 4 mm
    • Comportamento: Lento e barulhento
    • Picada: Deixa uma marca irritada e vermelha
    • Cor: Marrom
  • Aedes aegypti (Mosquito da Dengue):
    • Tamanho: De 5 a 7 mm – o dobro do tamanho!
    • Comportamento: Ágil e silencioso
    • Picada: Não deixa marcas após picada
    • Cor: Preto com listras brancas

Fique atento aos sintomas da dengue, que incluem febre, mal-estar, dor de cabeça, sangramentos no nariz, dores no corpo, náuseas, dor abdominal intensa, vômitos e dor nos olhos. Em casos graves, como gengivas e vômitos persistentes, procure atendimento médico imediatamente se suspeitar de dengue.

“Juntos podemos combater os mosquitos! Faça a sua parte”, enfatiza o Grupo Avante, reforçando a importância da colaboração de todos na prevenção da dengue e na promoção da saúde pública.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
×